sexta-feira, 11 de agosto de 2017

RESPOSTA PARA FÃ ANÔNIMO / A


No poema tudo fica melhorado
pois que arte é engenho, não-lugar de significação.

Se na vida ou na arte for possível
"desabrochar feliz da própria dor"
certamente a  transmutação
transcenderá a beleza
de qualquer obra irmã ou
prima da imaginação.

Assim as duas pontas dão no mesmo novelo
a vida e a arte confluem para que
uma coisa se torne outra
e algum sentido faça valer a pena.
*
*
Baltazar  

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Quando fotografo o céu no fim de tarde

Quando fotografo
o céu no fim de tarde
penso que pintar seria mais adequando que escrever.
Nessas ocasiões,
me sinto nulo.

Ou quase nulo,
o que seria presente.

Quando fotografo
o céu no fim de tarde percebo que sou nada
impotente por sentir
e não poder comunicar
a inteireza de estar vivo diante da inominável beleza.

Quando fotografo
o céu no fim de tarde sinto-me grande
anulado, integrado, sem reservas
a ponto de quase
quase
dispensar as duas linguagens
que fazem de mim
eu quem sou
a poesia
e a fotografia
*
*
Baltazar 

AMABILÍSSIMO

onde está o próximo, o distante onde fica? a cabeça oca e o coração no cio de toda gente estão vazios. finjo fugir da forma ana...