quarta-feira, 10 de agosto de 2016

FLOR DO DESERTO, ORQUÍDEAS E ARRECIFES



Poetas comparam os seus amores à flores
a monstros e dores comparam suas perdas.
Poetas vêm beleza onde não há e podem ver
o amor ressurgir mesmo na maior sequidão,
no abandono, na partida, na demolição e até
nos planos do arquiteto de uma construção.
Em geral, os poetas comparam tudo a tudo
para dizer o que toda gente fala sem rodeio:

“O AMOR É LINDO, EU AMO VOCÊ”

Em geral os  poetas são fechados
para o mundo que vai além deles
fechados para a certeza, para a verdade
e inventam saída para o crustáceo que se tornaram
para o autismo onde vivem no longe alem da janela.

Para expressar o que sentem e exprimir o que vêm
os poetas comparam para revelar, para descobrir
para possuir, para entender e sentir compararam

Assim, enamorados poetas, dizem coisas bobas
quando não conseguem simplesmente dizer:

“O AMOR É LINDO, EU AMO VOCÊ”

Como flores do deserto, orquídeas e arrecifes
o verdadeiro amor do poeta que são os poemas
aponta como estrela em noite escura,
floresce planta no jardim ou em vaso dentro de casa,
cumula cálcio e forma corais coloridos nas beiras de um mar inventado.

Diz-se de uma orquídea “é exemplar único” quando
estão como a areia da praia espalhadas pelo mundo que são mundos de todos os tamanhos.
Tem orquídea do tamanho da lua,
tem orquídea menor que a unha,
há milhares de orquídeas reunidas em estufa,
à venda em galerias mas estas são poemas comuns sem perfume
e não traduzem o que toda gente quer ouvir:

“O AMOR É LINDO, EU AMO VOCÊ”

O poema bonito que se quer ouvir
abre-se flor do deserto colorida, no alto da montanha
ou no retorcido de uma árvore do cerrado,
numa restinga afastada, numa rifaina,desconhecida
num mundo triste o poema é luz debaixo de um cipreste

e se abre no silêncio para os olhos de quem passa
mesmo que só no pensamento, como se na boca que se quer beijar e diz:

“O AMOR É LINDO, EU AMO VOCÊ”

"Orquídea Pensamento" existe mas é rara Como flor no deserto
Nos Pirineus acontece de abrir a pudica orquídea "Pensamento-Meu"
Sempre distante, convidando desabrocha no capricho de ocultar-se de mim sorrindo.
Orquídea é flor que sabe guardar em si dúvidas macias
já os arrecifes, acúmulos de calcário vistos na praia, não.
Eles abraçam as ondas com uma certeza bruta,
a certeza cega da pedra submersa no tempo da solidão.
As orquídeas da Tailândia são as mais exóticas
porque tudo que é exótico vem do Oriente
e o Oriente está na soleira da minha porta
minha casa está à beira do Ocidente
nela a flor do deserto, as orquídeas e os arrecifes
imitam seu perfume porque EU AMO VOCÊ.

Mas veja que sorte a minha! Ali outra flor decora outro poema
alheia de mim, alheio de mim:
acomoda meus sentidos flor e poema pétalas de carne e osso.

O Belo é assim, assalta o espírito, a leveza faz vibrar o corpo na alegria
é a estampa de um sorriso a prova do feliz encontro.


Baltazar

FIBRA VOCÁLICA


MENOS TRISTE é rima infeliz
como se MAIS FELIZ já fosse desencanto

vibra por dentro, NERVOSA ou
mesmo AFLITA

a corda VOCÁLICA
de uma determinada FIBRA da poesia



Baltazar

A VIDA NÃO VALE O DRAMA

já não me interessa discutir quem veio antes se o ovo ou a galinha se a arte copia a vida ou se a vida a imita  certo é que o drama é meno...