quinta-feira, 12 de março de 2015

ANTINOUS - para Jean Boullet





deitado nesta margem ornamentada
de lírios ordinários de perfume doce 
observo alturas

no meio
e nas pontas
e em cada extremidade da ponte erguida
pilares sustentam o fim da alegria

tão alta que parece magra
tão fina que parece ausente
o traço alongado de estilo tardio
tem por saudade nome de pia

no extremo desta construção
abandonada
elevamo-nos inebriados
ponte, perfume e saudade
Baltazar Gonçalves

Impressões sobre o livro O ÍNTIMO DA CASA, de J. A. Castro

Os poemas do livro O ÍNTIMO DA CASA, de J. A. Castro são janelas e portas que dão para o interior da memória de uma casa habitada na infâ...