sexta-feira, 18 de novembro de 2011

NASCE SOPHIA EMANUELLI


Sophia Emanuelli acaba de nascer para nosso mundo ficar mais completo. Se eu soubesse tocar um instrumento estaria cantando, por isso marco aqui esse momento único em que a vida me demonstra que tudo vale a pena! Nasceu com 3k 450g e mede 50cm. Nasce uma estrela, mais uma letra no meu alfabeto. Agradeço e peço por ela, pela vida que brinda com sua chegada mais uma aurora!

Uma nova cor da paleta do criador se desprende para colorir nossos dias!



(O nascimento de Vênus... ou de Sophia?!)



museus digitalizados

SOLIDÃO

dói no peito saber que não vou ouvir 
depois que a cidade dormir
depois que todos forem embora
depois que o chá estiver pronto
depois que as plantas forem podadas
depois que a piscina estiver limpa 
sua vos
dói o silêncio de não ouvir-te
cantar sozinho aquela canção do roberto
silêncio de ouvir seu coração vagabundo

não sei caminhar sem ver seus passos
não sei cantar


quarta-feira, 16 de novembro de 2011

EU TE AMO NÃO DIZ TUDO - Arnaldo Jabor

EU TE AMO NÃO DIZ TUDO
                      (Arnaldo Jabor)
                                
Ele(a) diz que te ama... então tá! Ele(a) te ama!
Assunto encerrado!!!
Você sabe que é amado porque lhe disseram isso, as três palavrinhas mágicas.

Mas saber-se amado é uma coisa, sentir-se amado
é outra, uma diferença de quilômetros.

A demonstração de amor requer mais do que beijos,
sexo e palavras.

Sentir-se amado é sentir que a pessoa tem interesse real na sua vida,

Que zela pela sua felicidade,

Que se preocupa quando as coisas não estão dando certo,

Que se coloca a postos para ouvir suas dúvidas,

E que dá uma sacudida em você quando for preciso.

Ser amado é ver que ele(a) lembra de coisas que você contou dois anos atrás,

E vê-lo(a) tentar reconciliar você com seu pai,

É ver como ele(a) fica triste quando você está triste,

E como sorri com delicadeza quando diz que você está fazendo uma tempestade em copo d`água.

Sentem-se amados aqueles que perdoam um ao outro e que não transformam a mágoa em munição na hora da discussão.

Sente-se amado aquele que se sente aceito, que se sente inteiro.

Sente-se amado aquele que tem sua solidão respeitada,

Aquele que sabe que tudo pode ser dito e compreendido.

Sente-se amado quem se sente seguro para ser exatamente como é,

Sem inventar um personagem para a relação,

Pois personagem nenhum se sustenta muito tempo.

Sente-se amado quem não ofega, mas suspira;

Quem não levanta a voz, mas fala;

Quem não concorda, mas escuta.

Agora, sente-se e escute: Eu te amo não diz tudo!
"Me ame quando eu menos merecer,
que é quando eu mais preciso."

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

FONEMA

Dada
a
ala
cada
aba
cai
dado
por
doida

SEMPRE DO MELHOR JEITO

O TEMPO VOA, OLHA QUE COISA, CHEGOU O FERIADO.

O tempo passa sem darmos conta dele. Fiquei ausente tão pouco e quando retorno aqui fico sabendo da vida de todo mundo: a Eduarda se casou, Cristina teve um filho e a mãe do Marco separou do marido porque se encantou com Manuel Augusto recém chegado de Lisboa.

Marcelo trabalha na c.o.c.a.p.e.c., foi lá que conheceu Eduarda moça inteligente que faz direito e pretende advogar para resolver os problemas do mundo.

O pai do Marco resolveu viajar e agora manda postais da França, nas fotos está sempre do lado do mesmo rapaz. Dizem que ele nunca esteve tão bem.

O pai do filho de Cristina chama-se Henrique, mesmo nome deram ao rebento. É gente sistemática e pouco precavida, abriram poupança para garantir o futuro a quem chegou ao mundo pelo furo de uma camisinha.

O tempo voa, olha que coisa, chegou o feriado.

A padaria fica nesse quarteirão. Acordei bem cedo e tomei o meu café olhando nos olhos do português. Bebi português catando discrepâncias do acordo ortográfico como se fossem deliciosas migalhas crocantes. A mãe do Marco me atendeu, longo abraço. Chorou de tão feliz, ou quase. Então eu disse pra ela, antes mesmo de deixar seus braços: minha amiga, a vida se resolve sempre do melhor jeito. Concordamos que o tempo passa sem darmos conta dele e rimos.

COMO ALFINETE EM PALHEIRO

Dizem que um cara falou demais desafiando a ordem que funcionava muito bem assegurada pelo medo e pela força da violência. Foi num tempo r...