Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 21, 2011

EVANGELHO COMENTADO: mortos enterram seus mortos

Deixe que os mortos enterrem seus mortos LUCAS cap. IX, vs 59 e 60

Como poderia uma pessoa já morta preparar o funeral de outro? Sabemos que dá trabalho, tem seu custo e sempre somos pegos de surpresa. Ninguém fica esperando a hora de assumir a responsabilidade de levar o esquife. Mas o sentido da oração é figurado como de resto as lições de Jesus nas parábolas que contava. A recomendação é feita para uma pessoa que se desculpava de não poder seguir o mestre pois tinha algo “mais” importante para fazer: enterrar seu primo falecido. De certo que a justificativa é de peso e caberia como luva em outra situação mas, sabiamente, o Mestre aproveitando a oportunidade teceu o comentário. Mortos? Quem está vivo entre nós de fato? Aqueles que pagam os impostos em dia e fazem compras com seu cartão de crédito? Aquele dedicado aluno que faz a tarefa de casa repetida pelo professor? O motorista eficiente que não se esquece de buzinar antes de passar o sinal amarelo? A mãe que põe a mesa toda noite e…

ALGUÉM ESPECIAL (IVAN MARTINS)

IVAN MARTINS
É editor-executivo de ÉPOCA E escreve às quartas-feiras

ALGUÉM ESPECIAL
“Ficar com muita gente é fácil”, diz um amigo meu, com pouco mais de 25 anos. “Difícil é achar alguém especial”. Faz algum tempo que tivemos essa conversa. Ele tentava me explicar por que, em meio a tantas garotas bonitas, a tantas baladas e viagens, ele não se decidia a namorar. Ele não disse que estava sobrando mulher. Não disse que seria um desperdício escolher apenas uma. Não falou em aproveitar a juventude ou o momento e nem alegou que teria dificuldade em escolher. Disse apenas que é difícil achar alguém especial. Na hora, parado com ele na porta do elevador, aquilo me pareceu apenas uma desculpa para quem, afinal, está curtindo a abundância. Foi depois que eu vim a pensar que existe mesmo gente especial, e que é difícil topar com uma delas. Claro, o mundo está cheio de gente bonita. Também há pessoas disponíveis para quase tudo, de sexo a asa delta. Para encontrar gente animada, basta ir ao bar, desc…

QUEM?

Quem eu pessoa que é pra meter a mim num texto e tomar do outro a palavra que não foi dita? Quem você pessoa sou pra ler em mim o doce ácido do teu hálito?
Quem disse que asa a gente poda, que bicho na seda se mata, que do feijão se come broto, e que depois da coca vem  arroto?

Lori

Lori esteve aqui, em casa, semana passada. Está trabalhando muito e por isso não respondeu os e-mails. Longe de casa só pensa em descansar um pouco antes de comer alguma coisa de frentre para a tv, não assiste tv descansa e não pensa na correria da estrada, na tela parece assistir a paisagem dos pampas. Ela gosta de mim, eu gosta dela. E assim ficamos, como dois irmão que guardam um segredo e riem sem motivo aparente.

Talking Heads - Psycho Killer

O CORVO: Poe-Pessoa

O CORVO (de Edgar Allan Poe)




Tradução de FERNANDO PESSOA(1888-1935)



Numa meia-noite agreste, quando eu lia, lento e triste,
Vagos, curiosos tomos de ciências ancestrais,
E já quase adormecia, ouvi o que parecia
O som de alguém que batia levemente a meus umbrais
«Uma visita», eu me disse, «está batendo a meus umbrais.
É só isso e nada mais.»

Ah, que bem disso me lembro! Era no frio dezembro,
E o fogo, morrendo negro, urdia sombras desiguais.
Como eu qu'ria a madrugada, toda a noite aos livros dada
P'ra esquecer (em vão) a amada, hoje entre hostes celestiais —
Essa cujo nome sabem as hostes celestiais,
Mas sem nome aqui jamais!
Como, a tremer frio e frouxo, cada reposteiro roxo
Me incutia, urdia estranhos terrores nunca antes tais!
Mas, a mim mesmo infundindo força, eu ia repetindo,
«É uma visita pedindo entrada aqui em meus umbrais;
Uma visita tardia pede entrada em meus umbrais.
É só isso e nada mais». 

E, mais forte num instante, já nem tardo ou hesitante,
«Senhor», eu disse, «…

COLETIVO

Abro os olhos e ouço o coletivo
corpos ondulam, mistura de perfumes venho embriago, vem amalgamadas vozes, texto único, celular importa ruídos do motore
o vento entra pela janela.