sexta-feira, 25 de março de 2011

OPS, DEU ERRADO/Mais Clarice muito Lispector - Muca (por e-mail)

Oi,
Estou acompanhando seu blog e vejo que você está em uma fase bastante produtiva, fico muito feliz com isso... também já pensei em fazer um, mas não saberia o que escrever, hehehe
Está com computador em casa? Com internet?
Vou te mandar alguns áudios de contos da Clarice Lispector, espero que consiga baixar e ouvir, pois já faz um tempão que gravei em um CD para e mandar, mas sempre que vou à Franca esqueço de levar.
Como você está? Já vai ser avô?
Abraços
Muca


02 - Clarice Lispector por Aracy Balabanian - CD 2 - Precisa-se.mp3
2097K   Reproduzir   Baixar  
03 - Clarice Lispector por Aracy Balabanian - CD 1 - As caridades odiosas.mp3
8426K   Reproduzir   Baixar  
04 - Clarice Lispector por Aracy Balabanian - CD 2 - Se eu fosse eu.mp3
2655K   Reproduzir   Baixar  
05 - Clarice Lispector por Aracy Balabanian - CD 2 - Meu Natal.mp3
2882K   Reproduzir   Baixar  
06 - Clarice Lispector por Aracy Balabanian - CD 2 - O milagre das folhas.mp3
2821K   Reproduzir   Baixar 


Ps.: Enquanto o Muca não manda os links se delicie: Das vantagens de ser bobo (claro, Clarice)

quinta-feira, 24 de março de 2011

Bill avô (Tanísia por e-mail)

Bill... A ariel... grávida... quero falar contigo... quero falar com ela... quantas emoções...
Que felicidade!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Vi seu comentário agora no blog, pelo email, por que aqui o sistema não permite...
Acho que sua escrita é como tomar o destino com as mãos e ser criativo!
Te amo demais também Antônio Baltazar e estou adorando essa nossa comunicação virtual...
AGORA VOCÊ É VÔ.....................DÁ PRA ACREDITAR????????????????????
VÔ BILLL
UM ABRAÇO!!!!
Tanis

Clarice Lispector, filha da p.! (Lori - por email)

"minha verdade espantada é que eu sempre estive só de ti e não sabia. Agora sei: sou só. Eu e minha liberdade que não sei usar. Grande responsabilidade da solidão. Quem não é perdido não conhece a liberdade e não a ama. Quanto a mim, assumo a minha solidão. Que ás vezes se extasia como diante de fogos de artifício. Sou só e tenho que viver uma certa glória íntima que na solidão pode se tornar dor. E a dor, silêncio. Guardo o seu nome em segredo. Preciso de segredos para viver."

Clarice Lispector (filha da puta!)

Minha cara escola - blog

Pois é, tomei gosto pela coisa. Ontem anunciei numa reunião de professores (HTPC) que a nossa escola tem uma nova cara na WEB. O bom da coisa é que a gente pode dar a cara que quer! Sim, e a escola tem muitas. Quem me conhece sabe dos adjetivos emprestados de Michel foucault que já usei para definir os processos e os processos que por ali rolam. Mas é preciso estar na escola e estamos. Fiat lux! Tenho encontrado poucos motivos para não esquecer tudo que já fiz em educação e certamente o brilho nos olhos de quem aprende é o único que não pode ser tirado. A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo permite que o professor que não tem condições de saúde para "enfrentar" a sala de aula passe a trabalhar como PROFESSOR READAPTADO em outro setor da escola. Depois de duas cirurgias e 30 pontos para retirar a tireóide atingida por um câncer (e depois de 18 anos de magistério) sou agora professor readaptado. Então, como capturar aquele brilho que justificaria minha presença na escola? O segredo é esse: Não se aprende na sala de aula, apenas. O conhecimento está disponível nos corredores, na cantina, na fila da merenda, e até na biblioteca. Digo até e você deve desacreditar se ali é o "lugar do conhecimento". As bibliotecas estão hoje pouco frequentadas uma vez que a cada dia menos pessoas leêm. Pouco frequentadas, mas ainda o são. Ontem uma aluna de 5ªsérie pediu para ler Crepúsculo e eu disse a ela que seria melhor levar outro título e que certamente seria "pesado" pra ela. Então seus olhos brilharam e ela disse que já tinha lido Nárnia em duas semanas, que tinha visto o filme Crepúsculo mas que o livro deveria ser melhor que o filme. AH! Seus olhos brilharam! Colhi o brilho e espero unir as pontas do arco: blog e biblioteca, quem sabe não sai daí uma faísca daquele mesmo fiat lux primordial?

Acesse e acompanhe mais esse processo.
http://minhacaraescola.blogspot.com/

terça-feira, 22 de março de 2011

Jerônimo e Chacrinha

Conheci televisão aos 4 anos de idade, morava em Rifaina, cidade do interior de São Paulo que também recebeu um lago formado pela expansão de usina hidrelétrica. Na rua onde morávamos havia outro aparelho e os donas da casa não gostavam do movimento dos visinhos que ficavam na janela para assistir JERÔNIMO, O HERÓI DO SERTÃO da tv Tupi. Minha mãe não. Isto, ela tanto não se importava que pôde contar 35 pessos aglutinadas na sala para assistir um dos episódios. A televisão está presente na história das últimas gerações e é coresponsável pela alegria de todos nós.




saiba mais sobre a história da tv brasileira
http://www.microfone.jor.br/historiadaTV.htm

José Saramago - Trata-se de um ppt. (extenso) a respeito do escritor.

http://mail.mailig.ig.com.br/mail/?ui=2&ik=dfcadc5c3d&view=att&th=12ec4cf216c0a11c&attid=0.1&disp=vah&realattid=c60977f3bddca4ba_0.1&zw

Saio cedo, navego longe.

A liberdade que já não cabe no mundo  tem morada no meu barco.  Saio cedo, navego longe.  Também pesco palavras fora do lugar.  Se sant...